Chamado de Scotty, em homenagem a uma garrafa de whisky escocês consumida na noite da descoberta do fóssil, o T.Rex tinha 13 metros de largura e provavelmente pesava mais de 8,8 toneladas, sendo o maior de todos os dinossauros carnívoros, avançou equipa da Universidade de Alberta.

"Este é o rex dos 'rexes'", destacou Scott Persons, líder do estudo e investigador do Departamento de Ciências Biológicas da universidade.

"Há uma considerável variação de tamanho entre os Tyrannosaurus. Alguns eram mais compridos e e outros mais robustos. Scotty é um exemplo dos mais robustos", explica Parsons.

Após a descoberta em 1991, os paleontólogos passaram mais de uma década a remover a areia que cobria os ossos.

Recentemente retomaram o estudo e constataram as características únicas do animal, que não se resumem somente ao tamanho.

"Scotty é o T. Rex mais velho conhecido", tendo vivido mais de 30 anos, informou o especialista.

"Para os padrões dos Tyrannosaurus, teve uma vida extraordinariamente longa. E foi violenta", acrescentou. "Há patologias no esqueleto, em locais onde os ossos apresentam cicatrizes de grandes lesões".

O esqueleto do dinossauro será exibido a partir de maio no Royal Saskatchewan Museum.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.