Um funcionário governamental aconselhou os cidadãos chineses a evitarem os contactos físicos com outros cidadãos estrangeiros, isto como forma de prevenir mais casos de Monkeypox, com a China a registar o primeiro na última sexta-feira.

“Para prevenir uma possível infecção por varíola e como parte do nosso estilo de vida saudável, é recomendado que não tenha contato direto pele a pele com estrangeiros, não toquem”, revelou Wu Zunyou, epidemiologista-chefe dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças da China.

Wu também pediu às pessoas para evitarem “contacto pele a pele” com pessoas que estiveram no exterior nas últimas três semanas, bem como com todos os “estranhos”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.