Antes do debate, com a presença do governo, sobre os negócios relacionados com lítio, hidrogénio verde e o centro de dados de Sines, a requerimento do Chega, a chuva começou a cair na zona dos Passos Perdidos, junto a uma das entradas para o plenário.

Segundo a agência Lusa, ainda foi preciso desligar as luzes naquele local e os funcionárias colocaram toalhas e baldes para tentar recolher a água que caía pela parede.

Apesar dessa situação, ao SAPO24 o gabinete de comunicação da Assembleia da República garantiu que a fuga foi "rapidamente resolvida", não tendo causado "nenhum constrangimento" ao normal funcionamento do Parlamento.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.