"As Oriónidas terão o instante da atividade máxima no dia 22 [de outubro] pelas 20 horas um dia depois do Quarto Minguante" e vai ter período de atividade mais alargado até ao dia 07 de novembro. "Esta chuva de meteoros resulta dos detritos deixados pelo cometa Halley, que passou a última vez pela Terra em 1986", lê-se no site do Observatório Astronómico de Lisboa.

Para admirar este fenómeno não é necessário nenhum instrumento, mas os especialistas recomendam que as pessoas se afastem das luzes da cidade e que privilegiem o mar e a montanha. Além disso, é preciso ter paciência, uma vez que a visão leva pelo menos 10 minutos para se acostumar à escuridão.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.