Mais de 50 moradores da cidade de Cardwell, no estado de Queensland (nordeste), participaram no último adeus ao réptil de 4,5 metros carinhosamente conhecido como "Bismarck", "Fluffy" ou "Gary".

"Bismarck" ocupou as primeiras páginas de alguns jornais no início deste mês, quando o pescador Ryan Moody publicou um vídeo nas redes sociais depois de ter encontrado o animal morto, aparentemente vítima de disparos.

"Cardwell, diz adeus a uma das tuas maiores atrações turísticas", disse Ryan Moody num vídeo publicado no Facebook. "Este crocodilo nunca foi um ameaça para os humanos", acrescentou.

A família do falecido conservacionista australiano e estrela de televisão Steve Irwin, conhecido como "Caçador de Crocodilos" - que morreu pela picada de uma raia enquanto filmava um documentário - enviou uma mensagem de condolências elogiando a atitude positiva de Cardwell em relação aos crocodilos.

A organizadora do funeral, Thea Ormonde, uma residente local, disse que a comunidade está muito triste pela morte do crocodilo.

Ormonde lembra-se de ser criança e ver o réptil pela região. "As minhas memórias mais afetivas são de quando eu era muito nova e ia pescar com o meu pai. Nós víamo-lo [ao crocodilo] a apanhar sol", disse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.