A polícia carregou sobre um desfile de 12.000 pessoas para dispersar várias centenas de extremistas com capuz e vestidos de preto e os confrontos começaram entre a multidão.

Vários milhares de militantes antiglobalização iniciaram hoje à tarde uma marcha sob alta tensão, em Hamburgo, na véspera da cimeira dos dirigentes do G20 na cidade.

A polícia estimou o número de participantes em 8.000, pelas 19:00 locais (17:00 TMG), entre centenas de anarquistas vestidos de negro.

Esta manifestação, realizada sob um slogan emblemático, “Bem-Vindos ao Inferno”, promete ser a mais musculada dos protestos anti-G20 organizados à margem da cimeira, que se realiza sexta-feira e sábado.

Na frente do desfile, uma bandeira: “Smash 20”, incitava a “Pulverizar o G20”.

A manifestação deverá culminar numa praça situada a apenas 300 metros do centro de congressos onde se reunirá o G20.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.