"A embarcação do Sanas [Associação de Socorro a Náufragos] detetou algo que parecia ser um corpo, pouco depois das 08:00 horas, logo que foram retomadas as buscas, e depois confirmou-se que era o corpo do turista", disse à agência Lusa o comandante Silva Pereira.

O responsável explicou que o corpo se encontrava junto à costa, mas que o resgate demorou cerca de duas horas, devido à intensidade da rebentação.

As operações de busca tiveram início na sexta-feira, cerca das 14 horas, na sequência de um alerta dado por populares que terão avistado o turista em dificuldade e, depois, deixaram de o ver. Os dois amigos que o acompanhavam também alertaram, entretanto, as autoridades.

O Comando da Zona Marítima da Madeira indicou que o turista checo "escorregou na ponta de São Jorge e foi depois arrastado pelo mar, tendo as pessoas presentes no local deixado de o avistar".

Nas buscas, estiveram envolvidas uma embarcação do SANAS, uma mota de água da capitania do Funchal e um helicóptero da Força Aérea Portuguesa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.