Depois de na primeira ronda do debate sobre política geral com o primeiro-ministro, o deputado do PAN ter questionado António Costa sobre a exclusão de Beja da avaliação sobre o novo aeroporto e o primeiro-ministro ter justificado com a distância, André Silva voltou ao tema na segunda ronda.

O chefe do executivo socialista reiterou a necessidade de encontrar “uma solução efetiva, praticável e que permita recuperar décadas de tempo perdido”, não sendo Beja uma opção.

“As soluções que são trabalháveis são as três que colocámos na avaliação ambiental estratégica e pronto. E já assim, como infelizmente tenho dito, é mais uma perda de tempo para uma solução porque mesmo quando tivemos a atitude responsável de não pôr em causa o que o anterior Governo já tinha decidido, ainda assim foi possível encontrar uma forma absurda de bloquear uma decisão que é a boa decisão, a melhor decisão e eu diria, depois da forma como foi feita a privatização da ANA, mesmo a única possível para o país alguma vez ter aeroporto”, avisou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.