“Quando se avizinha uma semana marcada por dois feriados, muitos portugueses depois de muitos meses de confinamento em que a palavra foi ‘fique em casa’, querem, seguramente, aproveitar esta semana em que possam usufruir, mas com uma nossa nova palavra de ordem que é ‘saia em segurança’, disse António Costa, em Portimão.

O apelo do primeiro-ministro foi feito durante a sessão de inauguração de uma nova unidade hoteleira em Alvor, no concelho de Portimão, depois de presidir à abertura oficial da época balnear, na Praia da Rocha, naquele concelho do distrito de Faro.

“A mensagem de sair em segurança é possível de fazer no nosso bairro, na nossa cidade, na nossa região, visitando outras regiões e descobrir regiões onde o turismo é menos frequente, sem que se deixe de vir ao Algarve”, sublinhou António Costa.

Na opinião do chefe do Governo, o Algarve é um dos destinos turísticos seguros, frisando que o trajeto que a região fez ao longos dos últimos três meses “é muito tranquilizador para todos os que quiserem passar as suas férias, um fim de semana ou aproveitar os próximos feriados”.

“Sendo o Algarve uma região segura, é muito importante que essa confiança exista em nós e também lá fora [estrangeiro]”, frisou.

António Costa considerou que os portugueses devem aproveitar este ano para visitar algumas regiões dada a previsão de existirem menos turistas estrangeiros.

“Os portugueses que costumam dizer que não vão a determinados sítios porque têm muita gente, devem aproveitar este ano, porque, por muito que as coisas corram bem, haverá menos turistas vindos de fora e mais espaço para nós. Não sabemos por quanto tempo, por isso convém aproveitar este ano”, sustentou.

António Costa, acompanhado pelos ministros da Defesa e do Ambiente, e alguns secretários de Estado deslocaram-se hoje ao concelho de Portimão, para presidir à abertura oficial da época balnear, este ano marcada pela pandemia da covid-19.

Numa breve intervenção na Praia da Rocha, o primeiro-ministro lembrou que este ano “perante uma nova realidade, existem regras novas para a frequência das praias que são básicas e que devem ser respeitadas”.

“Sempre existiram regras, mas este ano existe uma outra realidade e se cumprirmos as regras e o fizermos em segurança, a praia vai fazer bem à saúde”, destacou António Costa.

(Notícia atualizada às 15h02)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.