Segundo um comunicado do HGO, maior unidade de saúde do distrito de Setúbal, aquele hospital de Almada, no distrito de Setúbal, mantém-se no nível III do seu Plano de Contingência, com uma “taxa de ocupação de 221%”, relativamente à previsão inicial desse mesmo plano, que indicava apenas um total de 66 camas em enfermaria e nove camas de cuidados intensivos para doentes infetados com a covid-19.

Face à "enorme pressão assistencial, decorrente da elevada procura de doentes covid e doentes não covid" nas últimas semanas, "o Hospital Garcia de Orta tem vindo a realizar reafetações sistemáticas de circuitos e espaços (…) para no final do mês de janeiro poder expandir a Área Dedicada ao Atendimento de Doentes Respiratórios (ADR) do Serviço de Urgência Geral”, acrescenta o comunicado do HGO.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.