É preciso recuar até 17 de julho para encontrar um número de casos mais baixo, então de 35.065 infeções. O país registou um recorde de casos em 16 de setembro, com 97.894 infeções em apenas um dia, mas nas últimas semanas os números têm vindo a descer.

Desde que a pandemia chegou ao país, a Índia diagnosticou mais de 7,9 milhões de infeções (7.946.429), que provocaram 119.502 mortes.

Apesar de uma redução gradual do número diário de casos nas últimas semanas, a Índia continua a ser o segundo país do mundo com mais infeções, a seguir aos Estados Unidos, atualmente com mais de 8,7 milhões de casos.

Alguns especialistas defendem que a redução do número de casos nas últimas semanas indica que a pandemia já atingiu o pico na Índia, enquanto que outros questionam a fiabilidade dos testes de antigénio usados, mais rápidos mas menos precisos que os tradicionais testes RT-PCR.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.