Nas últimas 24 horas, as autoridades indianas registaram 3.449 mortos e 357.229 casos, anunciou o Ministério da Saúde indiano.

O país, com 1,3 mil milhões de habitantes, acumulou 222.408 óbitos e 20,3 milhões de casos desde o início da pandemia, indicou, mas alguns peritos consideraram que o número real pode ser muito mais elevado.

A Índia atravessa uma segunda onda da doença, que sobrecarregou o sistema de saúde, com escassez de oxigénios e de camas em grandes cidades como Nova Deli.

Este é o segundo país do mundo com mais casos, atrás dos Estados Unidos, e o quarto com mais óbitos, depois dos EUA, do Brasil e do México.

O país iniciou, no fim de semana, uma nova fase da campanha de vacinação para abranger todos os maiores de 18 anos, embora algumas regiões indianas tenham indicado ter falta de doses.

O ritmo de vacinação tem sido lento desde o início da campanha, em janeiro, com 157 milhões de doses administradas até agora.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.