Os bares e cafés podem ter encerrado e/ou sofreram alteração de horários devido à pandemia, mas o jogo ilegal passou destes estabelecimentos para as casas particulares, segundo avança esta segunda-feira o Jornal de Notícias (JN).

De acordo com o JN, o mundo das apostas clandestinas não deixou de crescer graças à tecnologia e até já se pagam prémios e apostas por MB Way — apenas passou do café para casa, com as apostas a serem feitas em tablets e telemóveis.

Não é de agora que as redes de jogo ilegal recorrem à tecnologia para fugir às autoridades, mas a prática aumentou com o confinamento. Todavia, o JN enfatiza que apesar de o jogo ter passado para as residências, “o processo continua a ser o mesmo que existia antes da pandemia”. 

O jornal dá conta também de que a GNR, a ASAE e a PSP nunca detiveram tão poucas pessoas por crime de jogo ilícito como agora. E dá números: no primeiro semestre do ano, foram detidas “apenas” 12 pessoas, ao passo que no mesmo período do ano passado foram detidas 51. 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.