De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, até às 19:00 TMG (20:00 em Lisboa) de hoje, 3.303.510 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 195 países e territórios, desde o início da pandemia.

Segundo a AFP, este número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de contaminações, uma vez que um grande número de países só está a testar os casos que precisam de tratamento hospitalar. De entre esses casos, pelo menos 1.003.600 foram já considerados curados.

Desde a contagem realizada às 19:00 TMG de quinta-feira, foram registadas 3.928 novas mortes e 70.199 novos casos em todo o mundo.

Os países com mais mortes associadas à covid-19 são hoje o Reino Unido, com 739 novos óbitos, o Brasil, com 435, e a Espanha, com 281.

Os Estados Unidos, que tiveram a sua primeira morte ligada ao novo coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de mortes e de casos, com 63.127 mortes e 1.082.411 casos. Pelo menos 159.633 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são a Itália, com 28.236 mortes e 207.428 casos, o Reino Unido, com 27.510 óbitos (177.454 casos), a Espanha, com 24.824 mortes (215.216 casos) e a França, com 24.594 mortos (167.346 casos).

Entre os países mais atingidos, a Bélgica é o que apresenta maior número de óbitos em comparação com a sua população, com 66 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida pela Espanha (53), Itália (47), Reino Unido (41) e França (38).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, na província de Wuhan, contabilizou oficialmente um total de 82.874 casos (12 novos casos entre quinta-feira e hoje), 4.633 mortes (0 novas) e 77.642 curas.

A Europa totalizava às 19:00 TMG de hoje (20:00 em Lisboa) 140.096 mortos e 1.495.293 casos, a América do Norte – Estados Unidos e o Canadá – 66.589 mortes (1.137.191 casos), a América Latina e Caraíbas 11.548 mortes (218.824 casos), a Ásia 8.727 mortes (227.471 casos), o Médio Oriente 6.791 mortes (176.715 casos), África 1.645 mortes (39.668 casos), e a Oceânia 118 mortes (8.086 casos).

Esta avaliação foi realizada usando dados coletados pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Portugal regista hoje 1.007 mortos associados à covid-19, mais 18 do que na quinta-feira, e 25.351 infetados (mais 306), indica o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde.

Comparando com os dados de quinta-feira, em que se registavam 989 mortos, hoje verificou-se um aumento de óbitos de 1,8% e, de casos de infeção, de 1,2%.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.