Devido à pandemia, as praias da Póvoa de Varzim, uma das maiores estâncias balneares do Norte, estiveram interditas desde 14 de março, por despacho da capitania local, que hoje levantou as restrições.

Segundo a autarquia poveira, "a partir de hoje voltam a ser permitidas atividade nos areais ou no mar", mas foram deixadas algumas recomendações à população.

"Na frequência das praias deverão ser mantidas as medidas de distanciamento físico, de etiqueta respiratória e de lavagem das mãos", pode ler-se na informação aos munícipes.

A Câmara da Póvoa de Varzim lembra que "os ajuntamentos na praia devem ter o número máximo de dez pessoas, com uma única exceção para as famílias numerosas", e recomenda "uma distância de dois metros entre banhistas tanto na areia como na água.

A época balnear na Póvoa de Varzim arranca, habitualmente, a 15 de junho, estando a autarquia a aguardar pelas indicações da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) sobre a medidas a adotar.

A pandemia de covid-19 provocou em Portugal a morte de 1.089 pessoas das 26.182 confirmadas como infetadas, havendo 2.076 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

No concelho de Póvoa de Varzim registaram-se até hoje 139 infetados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.