No total, 31.147.444 pessoas receberam a primeira dose de uma vacina contra o novo coronavírus, das quais 4.513.458 receberam uma segunda dose, a qual é administrada com um intervalo de entre três e 12 semanas.

Nos dados de hoje, relativos até ao final de quarta-feira, 404.922 pessoas no Reino Unido receberam a segunda dose da vacina, contra 241.906 que foram inoculadas com a primeira dose.

No início desta semana, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que abril seria “o mês da segunda dose” porque, devido à redução das reservas, está a ser dada prioridade às segundas doses, atrasando o alargamento a outros grupos etários.

Mais de 60% da população adulta já está imunizada, sendo o objetivo do Governo que a primeira dose seja administrada a todas as pessoas com mais de 50 anos até meados de abril e a todos os adultos até ao final de julho.

As autoridades britânicas acreditam que o impacto da vacinação já está a ser sentido na redução da mortalidade e taxa de infeções.

Entre 26 e 01 de março houve uma redução de 38,5% no número de mortes e de 16.7% no número de casos com um resultado de teste positivo de covid-19 em relação aos sete dias anteriores.

Na quarta-feira tinham sido notificadas no Reino Unido 43 mortes, o oitavo dia consecutivo abaixo das 100, e 4.052 casos, mas a média dos últimos sete dias é de 46 óbitos e 4.570 infeções.

No total, morreram no Reino Unido 126.764 pessoas entre 4.350.266 casos de contágio confirmados desde o início da pandemia de covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.