Em comunicado, a Santa Casa da Misericórdia de Montalegre, no distrito de Vila Real, explicou que após os novos testes realizados em 5 de janeiro a todos os utentes e trabalhadores no Lar de S. José, há 55 utentes infetados num total de 78.

Cinco destes utentes estão hospitalizados, não se assinalando qualquer óbito, e registam-se ainda 26 trabalhadores infetados, num total de 45, pode ler-se.

Segundo a nota, assinada pelo provedor da instituição, Fernando Rodrigues, “os utentes do lar estão bem, praticamente todos assintomáticos”, mas alerta que “a qualquer momento pode haver alterações pois trata-se de pessoas idosas e algumas com doenças”.

“Dos utentes hospitalizados, três poderão ter alta e regressar ao lar nos próximos dias”, acrescenta.

E salienta ainda que “para colmatar a falta de pessoal já foram contratados sete auxiliares e, entretanto, foram colocados mais cinco trabalhadores das brigadas de intervenção rápida da Segurança Social e Cruz Vermelha, com alojamento e transporte assegurados pela Câmara [de Montalegre]”.

“Também os Bombeiros de Montalegre passaram a assegurar o transporte de refeições aos utentes com apoio domiciliário”, refere ainda o comunicado.

Segundo o boletim epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega e Barroso registavam-se na quinta-feira, no concelho de Montalegre, 138 casos de covid-19 em fase ativa da doença, num total de 543 casos confirmados, e uma taxa de incidência de 1711,7 casos por cem mil habitantes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.