O comandante da Polícia Marítima e capitão do Porto de Sines, Manuel Sá Coutinho, explicou que o menino, que "terá entre 10 e 12 anos", estava na água, na praia, com o pai, que, entretanto, terá saído do mar e, passados alguns minutos, deixou de ver o filho.

O alerta para o desaparecimento do menino foi dado cerca das 16:30 e "de imediato" foi deslocada para a zona para se iniciarem as buscas uma embarcação da Polícia Marítima que já estava na água.

Depois foram acionados e estão no local uma embarcação semirrígida salva-vidas e duas motos de água de salvamento marítimo da Estação Salva-vidas de Sines e um helicóptero da Força Aérea Portuguesa, disse.

Nas buscas, mas em terra, estão também a participar operacionais e viaturas da Polícia Marítima e da Capitania de Sines e da Unidade de Controlo Costeiro da GNR.

Segundo Manuel Sá Coutinho, as buscas vão manter-se entre Sines e Porto Covo até existirem condições de visibilidade hoje e caso a criança não seja encontrada antes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.