A queda do meteorito, que não causou nenhum dano pessoal, foi observada por sete estações meteorológicas em Pinar del Río, durante dez minutos.

O meteorito deixou um rasto, uma espécie de uma bola de fogo que sulcou o céu, registando-se posteriormente uma forte explosão, de acordo com um comunicado das autoridades.

O epsidódio ocorreu no município de Vinales, de acordo com a análise realizada por especialistas do Ministério, do Instituto de Geofísica e Astronomia e de outras instituições científicas.

O meteorito julga-se ser do tipo pétreo, com uma liga de ferro e níquel, possuindo também uma grande quantidade de silicato de magnésio.

Os fragmentos atingiram as cidades de Los Jazmines, Dos Hermanas, El Guajaní, perto da cidade turística de Vinales e El Palmarito, onde se encontrou o maior fragmento, com cerca de 11 centímetros de comprimento, que deixou uma pequena cratera no solo.

Os especialistas recolheram amostras que vão ser submetidas a testes químicos, para se perceber maior precisão este fenómeno que, apesar de ser incomum, não é a primeira vez que acontece na ilha.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.