Foi a primeira vitória portuguesa na edição deste ano do Dakar, com o piloto luso a terminar os 292 quilómetros cronometrados da ligação entre San Juan e Rio Cuarto em 3:18.47 horas, menos 1.09 minutos do que o espanhol Joan Barreda.

Em terceiro lugar ficou o francês Adrien Van Beveren, com mais 2.38 minutos do que o motard português.

No final da prova, em declarações à agência noticiosa espanhola EFE, Gonçalves considerou “difícil” chegar ao pódio da geral, embora garanta que vai “continuar a lutar até ao final da prova”.

O líder da geral, o inglês Sam Sunderland (KTM), terminou em quinto lugar e mantém a liderança da prova à entrada para a última etapa, à frente do austríaco Matthias Walkner, colega de quipa na KTM, e de Beveren, ambos a mais de meia hora de distância.

Hélder Rodrigues (Yamaha) terminou a tirada em 13.º lugar, com mais 16.46 minutos do que o seu compatriota, um lugar acima de Joaquim Rodrigues (Hero), com 19.09 a mais.

Os resultados alcançados nesta 11.ª etapa deixam os três portugueses nos dez primeiros lugares: Paulo Gonçalves em sexto, a 52:46 minutos do líder, Hélder Rodrigues em nono, a mais de duas horas, e Joaquim Rodrigues a fechar o ‘top 10’.

Na ligação entre San Juan e Rio Cuarto, Gonçalo Reis (KTM) terminou em 18.º, com Mário Patrão (KTM) em 34.º, Pedro Bianchi Prata (Honda) em 41.º e Fernando Sousa Jr. (KTM) em 42.º.

Nos automóveis, a diferença de 18 segundos que Loeb (Peugeot) conquistou ao companheiro de equipa Peterhansel adiaram a disputa pela vitória final para a etapa de sábado, com o experiente francês à frente do antigo campeão de ralis graças a uma vantagem de 5:32 minutos.

Em caso de vitória do dorsal 300, conhecido como ‘Senhor Dakar’, será a 13.ª vez que o experiente condutor, de 51 anos, vence o Dakar, revalidando a conquista de 2016.

O pódio ficou completo com o Mini do argentino Orlando Terranova, a 6.37 minutos de Loeb, com Cyril Després a chegar em quarto lugar e a segurar o terceiro lugar da classificação geral.

O Dakar2017 termina no sábado com a chegada à capital argentina, Buenos Aires, com 64 quilómetros cronometrados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.