Segundo avança a agência Reuters, o anúncio foi hoje feito hoje pelo ministro dos Negócios Estrangeiros dinamarquês, indicando que apenas podem entrar no país viajantes de países europeus com um baixo número de infeções por covid-19.

O critério de entrada, por sua vez, foi explicado pelo ministro da Justiça da Dinamarca: só podem entrar viajantes que venham de países onde haja menos de 20 casos semanais de covid-19 por 100 mil habitantes.

Por essa razão, turistas oriundos de Portugal e da Suécia não têm permissão para entrar no país, ao passo que viajantes da maioria dos países da União Europeia, de países fora da UE mas pertencentes ao Espaço Schengen — como a Noruega —, e até do Reino Unido (que já não pertence a nenhuma das categorias) podem entrar, mediante avaliação.

A Dinamarca já tinha as fronteiras abertas para turistas da Islândia, Alemanha e Noruega antes deste anúncio.

Segundo as autoridades norueguesas, os viajantes apenas poderão entrar na Dinamarca desde que façam uma reserva de estadia durante, pelo menos, seis dias.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.