A mesma fonte da Câmara de Sintra, no distrito de Lisboa, indicou que, ao contrário da informação inicialmente prestada, o homem, de 23 anos, não é alemão, mas brasileiro.

Segundo fonte do Serviço Municipal de Proteção Civil, uma jovem de nacionalidade alemã (inicialmente referida como brasileira) ficou também ferida com gravidade, tendo sido transportada por um helicóptero da Força Aérea Portuguesa para a base de Figo Maduro, em Lisboa, para seguir para o hospital de São José.

Contudo, fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) referiu que a mulher, “com cerca de 18 anos”, ficou ferida sem gravidade.

De acordo com a fonte do INEM, o homem morreu no local.

A fonte do Serviço Municipal de Proteção Civil acrescentou que as vítimas integravam um grupo que teria acampado na praia, registando-se mais três feridos ligeiros, que continuam a ser assistidos no areal da praia da freguesia de Colares.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, pelas 09:50 foi dado alerta de "uma derrocada na praia da Ursa", que provocou ferimentos em duas pessoas, "uma com gravidade".

No local estão equipas de resgate em grande ângulo dos Bombeiros Voluntários de Almoçageme e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Fonte oficial da Câmara de Sintra revelou que o Serviço Municipal de Proteção Civil também se deslocou ao local, de difícil acesso.

A Autoridade Marítima Nacional encontra-se a coordenar as operações de socorro.


Última atualização às 13:00

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.