Segundo a mesma fonte, a ocorrência foi registada junto a um posto de abastecimento de combustíveis, onde alguns dos veículos estavam estacionados há algum tempo, tendo o homem incendiado uma das viaturas e depois o fogo se propagado às outras três.

A Polícia Judiciária (PJ) foi chamada ao local e ficou responsável pela investigação, indicou a fonte da GNR, acrescentando que o suspeito vai ser presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

Contactadas hoje pela Lusa, fontes policiais caracterizaram o caso de Elvas como isolado, não estando relacionado com os atos de vandalismo ocorridos nas últimas noites na Área Metropolitana de Lisboa e em Setúbal.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre referiu que o alerta para o incêndio, na zona das Pedras Negras, perto da Estrada Nacional 4, em Elvas, foi dado às 23:29 de quarta-feira, tendo ardido quatro veículos ligeiros, três na totalidade e um parcialmente.

Foram mobilizados para o local, de acordo com o CDOS, veículos e operacionais dos Bombeiros Voluntários de Elvas, além da GNR.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.