"Os professores e pessoal não docente do Ensino Superior que desejem receber a dose de reforço da vacina contra a COVID-19 poderão deslocar-se, este fim de semana, aos Centros de Vacinação, para serem vacinados em modalidade de Casa Aberta com senha digital. Os utentes elegíveis pertencentes a este grupo terão de efetuar previamente o pedido de senha digital no Portal COVID-19", anunciou a Direção-Geral da Saúde na tarde deste sábado.

Também os profissionais da Polícia de Segurança Pública (PSP), Guarda Nacional Republicana (GNR) e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) poderão deslocar-se, entre hoje e amanhã, aos Centros de Vacinação para serem vacinados com a dose de reforço contra a covid-19, em modalidade de Casa Aberta e com senha digital.

Esta abertura acontece no dia em que cerca de 90 mil pessoas são chamadas a ser vacinadas com a dose de reforço contra a covid-19, por irem integrar as 16.400 mesas de voto nas eleições legislativas ou serem funcionários das juntas de freguesia.

Segundo um comunicado conjunto do Ministério da Saúde e do Ministério da Administração Interna divulgado na quinta-feira, a vacinação no dia de hoje fica dedicada a este universo, “convocado por SMS, através de agendamento central”.

Para as pessoas elegíveis que não recebam a mensagem, haverá senhas digitais, mediante a apresentação de um documento comprovativo das funções em causa.

O coordenador do plano de vacinação, Carlos Penha-Gonçalves, coronel do exército, disse à Lusa que o número de pessoas elegível neste caso está estimado em 90 mil, que representa o universo da capacidade vacinal de um dia, razão pela qual os centros de vacinação vão estar dedicados exclusivamente a este processo associado às eleições legislativas.

Apesar da estimativa inicial ser de cerca de 90 mil pessoas, Penha Gonçalves disse ser mais difícil quantificar as pessoas que estão no apoio ao ato eleitoral do que as que estão nas mesas de voto.

"Alguns vão ser convocados por SMS, mas como este universo é um pouco indefinido, há suplementarmente um mecanismo para que as pessoas possam aceder à vacinação, pedindo uma senha digital”, através do portal da Direção-Geral da Saúde, disse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.