"A Direção-Geral da Saúde e a Comissão Técnica de Vacinação contra a Covid-19 (CTVC) não receberam, até ao momento, o parecer do grupo de peritos de Pediatria e Saúde Infantil", adianta o comunicado publicado na página da DGS.

"Este grupo de peritos foi nomeado para emitir um parecer sobre a vacinação contra a Covid-19 das crianças de 5 a 11 anos, e, de acordo com a informação prestada pela coordenadora do grupo, a discussão ainda está a decorrer", garante ainda.

Em causa está uma notícia avançada pelo Expresso neste fim de semana, em que membros do grupo de trabalho encarregado de dar este parecer disseram opor-se à imunização de todas as crianças dos 5 aos 11 anos, defendendo que a vacinação deve ser reservada aos casos de risco.

Segundo o semanário, o parecer vai ser completado no início da semana e entregue até quinta-feira à Comissão Técnica de Vacinação para a covid-19, que depois dará o relatório final à DGS. No entanto, o grupo acredita que o Governo vai ignorar estas indicações.

A DGS ressalvou hoje que este parecer é apenas "um dos elementos considerados" para a decisão, já que "as recomendações sobre vacinação contra a COVID-19 competem à CTVC e têm em conta uma perspetiva individual e de saúde pública.

O lamento dos membros do grupo vem no seguimento do anúncio de António Costa na passada quinta-feira, quando informou que, perante a autorização da EMA em relação à vacinação de crianças dos 5 aos 11 anos, o Governo está preparado para vacinar as cerca de 637 mil crianças dessa faixa etária.

Essa mesma autorização é recordada agora pela DGS. "A Agência Europeia de Medicamentaos deu parecer positivo à utilização da formulação pediátrica da vacina contra a Covid-19 Comirnaty para as crianças com 5 a 11 anos com base num estudo que demonstrou que esta vacina é eficaz e segura", frisa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.