De acordo com um comunicado da DGS hoje divulgado, e em cumprimento de um despacho publicado também hoje, a contratação de serviços alimentares pelos hospitais do SNS deve estar em conformidade com o estabelecido no manual.

“Apesar de a maioria dos hospitais possuir um Manual de Dietas, este diferia de hospital para hospital no que respeita à nomenclatura utilizada, tipologia de dietas, composição das refeições e respetivas quantidades utilizadas. Esta situação tinha implicações nos custos e gestão dos processos, tornando-se estratégica a uniformização e padronização de um Manual de Dietas Hospitalar a nível nacional”, refere o comunicado da DGS.

Salienta-se ainda o impacto que a medida pode ter na recuperação dos doentes, “nomeadamente na redução do tempo de internamento e das complicações durante o período de internamento”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.