Em comunicado, a mesa da assembleia-geral do Sindicato dos Jornalistas (SJ) refere que, "dentro do prazo estipulado, foram apresentadas e validadas duas listas concorrentes às eleições marcadas para o próximo dia 21 de fevereiro: uma identificada pelo lema 'Sindicato.com: defender os jornalistas, cumprir o jornalismo', que concorre a todos os órgãos nacionais e a que foi atribuída a letra B", na qual concorre a atual direção.

A outra lista tem como lema 'Unidade e participação' e concorre ao Conselho Deontológico e ao Conselho Geral, tendo sido "atribuída a letra A".

A lista 'Unidade e participação' tem como candidatos ao Conselho Deontológico Alfredo Maia, Carlos Camponez, Martins Morim, Paulo Paixão e Ana Carrilho, sendo que os suplentes são José David Lopes, Maria Júlia Fernandes e Nicolau Fernandez.

Já ao Conselho Geral candidatam-se nos três primeiros lugares Fernando Cascais, Fernando Valdez e Anabela Fino.

No que respeita à lista B, Sofia Branco recandidata-se à presidência da direção do SJ, tendo como vice-presidentes Isabel Nery e Leonor Ferreira.

Na corrida à assembleia-geral, a lista que tem como lema 'Sindicato.com: defender os jornalistas, cumprir o jornalismo', estão nomes como Cesário Borga (presidente), Miguel Carvalho, Jorge Freitas Sousa e Armando Mendes como vice-presidentes.

No que respeita ao Conselho Deontológico, São José Almeida recandidata-se a presidente, com Anabela Natário como vice-presidente.

Para Conselho Fiscal concorre Manuel Esteves a presidente, com Elisabete Miranda como vice.

Ao Conselho Geral do Sindicato dos Jornalistas concorrem Eugénio Alves, Ricardo Alexandre e Isabel Magalhães, entre outros nomes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.