Detidos pela manhã, os dois homens envolvidos foram libertados e o caso foi arquivado, informou esta quarta-feira à tarde a procuradoria de Bobigny, no norte de Paris.

Os passageiros foram retirados do Terminal 2 durante 45 minutos depois do incidente, que aconteceu por volta das 8h30 (hora local).

Um passageiro deu o alerta ao afirmar que viu "dois adultos que não falavam francês com armas numa mala", disse uma fonte próxima da investigação. "Aconteceu uma onda de pânico no Terminal 2 quando as pessoa viram as armas", acrescentou a mesma fonte.

Os envolvidos eram dois amigos, um francês e um russo. O primeiro aterrou esta quarta-feira no aeroporto de Roissy e ficou com o segundo para lhe entregar o presente de Natal do seu filho. O presente era uma réplica do Famas, uma espingarda de assalto usada pelo exército francês. Como o brinquedo era grande demais para ser guardado numa mala, um dos homens decidiu desmontá-lo no meio do terminal, causando pânico entre os passageiros.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.