Woods "mostrou claramente que já não é o homem que era quando cometeu este crime", considerou o governador da California. "Ele é um exemplo positivo para os seus colegas e, através do seu podcast, partilhou histórias relevantes daqueles que estão na prisão", disse.

Walter Woods foi entretanto contratado como produtor a tempo inteiro do referido podcast, que tem sido um sucesso desde que foi lançado, em 2017: com cerca de 30 episódios, o podcast conta com 20 milhões de descarregamentos, escreve a Associated Press.

Os fãs consideram que o podcast é um "abre olhos" e é "incrivelmente humanizador", escreve a agência. Mas para Woods, o verdadeiro elogio veio do gabinete no governador quando lhe ligaram para anunciar a notícia de comutação da pena: "Uma das coisas que a senhora ao telefone disse foi 'nós gostamos muito do seu podcast'. Não sei se o governador ouve, mas as pessoas do gabinete dele ouvem. As pessoas gostam mesmo do que fazemos".

Neste podcast, Woods e Nigel Poor, voluntário na prisão e co-criador do projeto "Ear Hustle", dão aos ouvintes uma ideia do que é viver encarcerado. Aqui, os detidos, em entrevista com os dois apresentadores, conversam sobre a dificuldade de encontrar um companheiro de cela compatível ou como tomam conta de sapos ou aranhas como se de animais de estimação seus se tratassem.

Enquanto Woods consegue dar aos ouvintes uma ideia do que é viver na prisão, Poor traz uma visão do exterior, colocando muitas vezes questões aos detidos que os fazem refletir.

O projeto  "Ear Hustle" arrancou depois de Poor abordar Woods. Em 2016, um concurso da rede de podcasts Radiotopia tornou o projeto possível.

A quarta temporada de "Ear Hustle", que será lançada no verão, ira abordar histórias de pessoas que são reintegradas na sociedade após cumprimento de pena, contendo entrevistas dos ex-detidos reintegrados após longas penas de prisão. Woods e Poor estão também a planear visitar prisões de segurança máxima para poder contar as histórias desses detidos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.