"Acho que é muito importante que o governo futuro tenha capacidade para estar suportado numa votação muito clara e expressiva do PS para que seja possível garantir a estabilidade política e prosseguir o caminho que estamos a fazer", disse Carlos César à agência Lusa e RTP.

Carlos César falava no porto de Ponta Delgada, numa visita que realizou esta manhã com a cabeça de lista socialista pelo círculo dos Açores, Isabel Rodrigues.

O açoriano quer, no sufrágio de 06 de outubro, um PS "muito forte", realçando que se os portugueses não votarem nos socialistas por receio de uma eventual maioria absoluta, "o PS até pode perder".

Na legislatura que agora finda, o Governo liderado por António Costa investiu nos Açores "de forma vultuosa", ajudando o executivo regional nos "investimentos determinantes" para a economia da região, caso do porto de Ponta Delgada, maior cidade açoriana.

"Sei que ele [António Costa] foi e é um bom primeiro-ministro para os Açores, e é bom que o tentemos nas próximas eleições conservar, não sei quando haverá outro primeiro-ministro assim", prosseguiu Carlos César.

O presidente do PS lembrou ainda o evoluir do projeto da nova cadeia de Ponta Delgada, que havia avançado "zero" mas tem agora a primeira fase finalmente adjudicada, estando previsto o avanço de um estabelecimento prisional moderno.

[Notícia atualizada às 16h09]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.