“Em 2023, Fátima estará pronta para receber o Santo Padre, que virá à Jornada Mundial da Juventude de Lisboa e que virá a Fátima como anunciou”, afirmou o padre Carlos Cabecinhas, na conferência de imprensa que antecede a peregrinação internacional aniversária de outubro, que hoje começa no santuário.

Segundo o reitor, Fátima tem “dois anos para preparar esse grande evento, essa grande festa, e o santuário está já a trabalhar nesse sentido”.

O bispo da Diocese de Leiria Fátima, cardeal António Marto, considerou que “Portugal, em concreto Lisboa, será o centro do mundo católico juvenil” e que “Fátima será um polo aglutinador dos jovens que, vindo a Lisboa, se deslocarão também a este enorme altar”.

António Marto lembrou que Francisco lhe disse que por ocasião da JMJ “viria a Fátima e que não faria sentido vir a Portugal sem vir a Fátima”.

“Tudo faremos para que ele regresse a esta casa peregrino da paz e na esperança de uma humanidade melhor”, declarou, sustentando que “não basta fazer um grande acontecimento, é preciso lançar sementes e trabalhá-las para que deem fruto renovado”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.