O míssil foi lançado às 00:21 locais (08:21 em Lisboa) desde a base área de Vandenberg, na Califónia, e percorreu 6.760 quilómetros sobre o Oceano Pacífico antes de cair no mar perto do atol de Kwajalein, nas ilhas Marshall, anunciou a Força Aérea em comunicado.

Os especialistas da Força Aérea dos EUA estavam a bordo de um Boeing E-6, um avião derivado do Boeing 707, capaz de comunicar com todo o comando militar, para “mostrar a eficácia e fiabilidade desse comando aeroportuário”.

“O Minuteman III tem 50 anos e testes contínuos são essenciais para garantir a sua fiabilidade até à década de 2030″, disse o coronel Omar Colbert, chefe de testes, citado no comunicado.

O Minuteman III, único míssil terra-ar do arsenal nuclear dos Estados Unidos desde 2005, foi instalado em silos de lançamento em três bases militares norte-americanas no Wyoming, Dakota do Norte e Montana.

Os mísseis Trident, lançados desde o mar, são lançados a bordo de submarinos norte-americanos e as bombas nucleares são transportadas por bombardeiros estratégicos.

A Força Aérea disse que o teste foi planeado há meses e não representa “uma resposta ou reação a eventos no mundo ou tensões na região”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.