Para Mike Pence, o Espaço é já um cenário que se converteu num "novo campo de batalha", pelo que é necessário criar este novo organismo.

"Chegou o momento de escrever o próximo grande capítulo da história das nossas forças armadas, de nos prepararmos para o próximo campo de batalha, para onde serão convocados os melhores e os mais corajosos americanos para dissuadir e vencer uma nova geração de ameaças ao nosso povo, à nossa nação", afirmou num discurso no Pentágono.

"Chegou o momento de estabelecer um Exército Espacial. Este documento estabelece os passos exatos a tomar para criar uma Força Espacial", continuou.

Em junho passado, o presidente Donald Trump "ordenou ao departamento de Defesa que começasse imediatamente o processo necessário para estabelecer uma Força Espacial como o sexto braço das forças armadas", acrescentou Pence.

A 18 de junho, Trump ordenou ao Pentágono a criação desta nova "Força Espacial", prometendo o "domínio americano" na exploração da Lua e de Marte, mas também numa eventual guerra pelo Espaço.

"Os Estados Unidos serão sempre os primeiros no Espaço", disse Trump durante um discurso na Casa Branca.

"Não queremos que a China nem a Rússia e outros países nos dominem", acrescentou, apontando que o seu governo "retomará o legado dos Estados Unidos como principal país na exploração espacial".

O presidente retomou um ponto que já havia evocado anteriormente: a criação de uma Força Espacial independente da Força Aérea, uma ideia polémica em Washington, e especialmente dentro do Pentágono.

Na terça-feira, o secretário Jim Mattis disse concordar que o Pentágono deveria criar um novo comando dedicado ao Espaço, mas indicou que ainda não está claro como se executará a ordem do presidente Trump.

Embora a criação de um novo ramo das Forças Armadas requeira a aprovação do Congresso, o Pentágono propõe criar um novo "comando combatente", chamado US Space Command, que estaria dedicado ao Espaço.

O enorme exército dos Estados Unidos divide o globo terrestre em comandos de combatentes, como o Comando Central no oriente Médio ou o Comando Indo-Pacífico na Ásia, de modo que o novo Comando Espacial teria o mesmo perfil destes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.