Em declarações conjuntas aos jornalistas, no início do seu encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, Donald Trump afirmou que "é uma grande honra receber o altamente respeitado Presidente de Portugal".

"Temos uma relação tremenda com Portugal há muito tempo e devo dizer que nunca foi tão boa como é hoje. Portanto, quero dar-lhe as boas-vindas a si e à sua delegação", acrescentou o Presidente dos Estados Unidos.

Donald Trump descreveu Portugal como "um país de grande beleza e de ótimas pessoas".

Em seguida, falando também em inglês, Marcelo Rebelo de Sousa disse que Portugal e os Estados Unidos da América têm "uma longa amizade e parceria".

"Fomos o primeiro país neutral a reconhecer a independência dos Estados Unidos da América. Apesar de termos a Inglaterra como o nosso mais antigo aliado. Portanto, foi corajoso na altura", salientou.

Donald Trump comentou: "É verdade".

"Não sei se sabe, mas os vossos pais fundadores celebraram a independência com um brinde com o nosso vinho, com o vinho da Madeira. É uma história muito longa a da nossa amizade e parceria, baseada em valores comuns: democracia, liberdade, o Estado de Direito, os Direitos Humanos", prosseguiu Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado português realçou também o peso da comunidade portuguesa e lusodescendente nos Estados Unidos: "Portanto, não é apenas uma aliança miliar, política, económica, é mais do que isso. É algo de muito humano. Porque falamos de um milhão e 400 mil pessoas que vivem o seu amor por dois países ao mesmo tempo".

Donald Trump concordou que Portugal, "de facto, tem sido muito importante" para a Nação norte-americana.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.