Numa nota divulgada hoje, Paulo Rangel, que promove a iniciativa na condição de presidente do “European Ideas Network”, a rede de ‘think tanks’ do grupo do Partido Popular Europeu no Parlamento Europeu, sublinha que o fenómeno da desinformação “assume cada vez mais uma natureza global devido à ausência de fronteiras, e que é potenciada em particular pelas redes sociais”, e aponta que "o objetivo da organização deste seminário é refletir sobre as formas de combater as ‘fake news’ e analisar os seus impactos na democracia”.

O seminário, que ocorre a menos de três meses das eleições europeias (que decorrerão na União Europeia entre 23 e 26 de maio), contará, entre os oradores, com o jornalista e escritor David Alandete, autor de uma investigação em torno da intervenção da Rússia no processo do referendo na Catalunha, e Adeline Brion, coordenadora da associação “Lie Detectors” (Detetores de Mentiras), que reúne jornalistas com o objetivo de combater a desinformação e a iliteracia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.