“É uma unidade fantástica, servida de excelentes profissionais que fazem um trabalho muito difícil e extraordinário. Tratam da minha mãe há muito anos. Sei o trabalho que fazem e não podia deixar de aceitar o convite. Falo com o coração. É um livro cheio de textos interessantes e o meu deve ser o mais fraco”, afirmou Fernando Santos.

O treinador de 63 anos falava aos jornalistas minutos antes da apresentação da publicação, no Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa), num evento em que também estiveram presentes a escritora Alice Vieira e o político Marques Mendes, que contribuíram igualmente para edição deste ano.

António Barreto (sociólogo), Carlos Fiolhais (professor universitário), Cristina Ferreira (apresentadora), Eduarda Abbondanza (estilista), José Gameiro (psiquiatra), Júlia Pinheiro (apresentadora), Laurinda Alves (jornalista), Maria Antónia de Almeida Santos (deputada) e Pedro Abrunhosa fecham a lista de personalidades, que partilharam uma história sobre um acontecimento das suas vidas que fazem questão de festejar, no ano em que o IPO comemora 95 anos.

Esta edição, que tem ilustrações de Marta Torrão, reverte para a construção de um novo hospital de dia de oncologia e de hematologia, melhorando as condições do espaço onde os doentes adultos fazem quimioterapia em regime de ambulatório.

Em 2018, foram angariados 46.286,30 euros com a venda da agenda, que foram aplicados na Unidade de Transplante de Medula, cujas obras já estão em curso.

Somadas as duas edições, as vendas da Agenda Solidária IPO ascenderam os 35.000 exemplares.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.