Ferro Rodrigues falava aos jornalistas antes de almoçar com o primeiro-ministro, António Costa, no Bairro Alto, em Lisboa, depois de interrogado sobre a forma como encara uma possível candidatura presidencial da ex-dirigente e ex-eurodeputada socialista Ana Gomes.

"Vejo como normal que, nesta fase, em que não há candidaturas apresentadas, algumas pessoas procurem marcar terreno, marcar posição. Sobre as presidenciais não mudei uma vírgula daquilo que disse já há mais de um ano e meio", frisou o antigo líder do PS entre 2002 e 2004

Ferro Rodrigues salientou então que há ano e meio tinha dito que, "se as eleições fossem amanhã, não hesitaria em votar em Marcelo Rebelo de Sousa".

"E não tenho motivos nenhuns para retirar essa afirmação", completou o presidente da Assembleia da República.

Questionado sobre o facto de Ana Gomes ter ascendido ao Secretariado Nacional do PS precisamente no período em que assumiu as funções de secretário-geral neste partido, Ferro Rodrigues respondeu: "António Costa também esteve comigo na direção do PS quando eu era secretário-geral".

"Aliás, António Costa era líder do Grupo Parlamentar do PS [2002/2004], coisa que muito me orgulho. E mais tarde tive a ocasião de lhe retribuir [em outubro de 2014]", tendo sido, também, então, presidente da bancada socialista.

"Acho que ainda faltam seis meses para a campanha das eleições presidenciais. Portanto, vamos esperar que haja apresentações de candidaturas", acrescentou Ferro Rodrigues.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.