"Naturalmente queremos fazer a nossa festa do Avante! Faltam dois meses e tal… veremos", disse o secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, em entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença.

O líder do PCP apontou, ainda assim, que "há uma festa com novas condições que resultam da situação" e que "vão ser usados mais 10 hectares, ou seja, 30 hectares no total, 30 campos de futebol para a realização da festa".

Para Jerónimo "este espaço enorme, verde, cria todas as condições para que os visitantes possam usufruir com condições sanitárias, com a garantia que damos uma festa ímpar na sua dimensão política, social, cultural, de convívio, de abertura".

"Naturalmente nós queremos fazer a festa, mas dizer [que se faz a] ‘Festa do Avante!, ponto final, parágrafo’… não é isso. Consideraremos e avaliaremos todas as condições para garantir que quem vá à festa não sofra qualquer consequência", frisou ainda.

"Com organização, tenacidade e criatividade"

A entrevista é publicada no mesmo dia que chegou às bandas a edição desta semana do Jornal "Avante!. A publicação do partido considera que "não será seguramente impossível" a realização do evento em setembro "com organização, tenacidade e criatividade".

"A discussão em torno das medidas a tomar para garantir uma Festa segura prossegue, mas há muitas que já estão em concretização", avança a publicação.

A começar pela abertura das portas, "que este ano serão antecipadas, de modo a evitar grandes aglomerações e cruzamento de fluxos de entradas e saídas". De acordo com o Jornal Avante "nesta edição da Festa haverá três palcos centrais de grande dimensão, mais o Avanteatro e o Cineavante". "Em cada um destes espaços será feita a delimitação física das áreas com a marcação de corredores e circuitos e haverá assistentes de plateia a ajudar ao cumprimento das regras", acrescentam.

Mais, "as exposições terão controlo de entrada e um circuito linear, com entrada e saída" e o "Espaço do Livro não será, este ano, num espaço fechado, passando a funcionar numa área ampla e com sombra".

Relativamente à componente desportiva, "estarão presentes as modalidades cujas federações já se encontrem em funcionamento" e "a tradicional Corrida e a Caminhada não se realizarão este ano".

Sobre os pagamentos "haverá dois locais com caixas multibanco" e  os "espaços das organizações terão terminais para pagamento automático".

Em matéria de higiene e segurança, "as regras e procedimentos serão adaptados à presente realidade, às regras apontadas pelas autoridades de saúde e à legislação em vigor". A publicação diz ainda que "será aumentado o já significativo número de pontos de água e sabão e organizadas as filas do pré-pagamento e espaços de restauração de modo a cumprir o necessário afastamento físico".

De acordo com a SIC Notícias, a decisão final só será tomada em agosto.

Ao final da tarde desta terça-feira, o O PCP divulgou um vídeo com as regras sanitárias para a festa do Avante. O vídeo dos comunistas, em que explica estas medidas, dura 01:19.

O evento está marcado para entre 4 e 6 de setembro no concelho do Seixal, que faz parte da Área Metropolitana de Lisboa.

[Notícia atualizada às 18h53]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.