De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o ciclone estava esta manhã a deslocar-se para oeste-noroeste a 22 quilómetros por hora, "devendo nos próximos dias a sua trajetória alterar-se para norte-noroeste".

Nesse sentido, precisa o instituto, "existe a possibilidade" de os Açores sofrerem a "influência desta tempestade a partir do fim do dia de sábado".

Contudo, a partir de quarta-feira a intensidade do furacão "deverá começar a diminuir, sendo que a partir de sexta-feira é de prever que seja classificado como tempestade tropical".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.