Segundo o Comando Territorial do Porto, a ação policial realizou-se na terça-feira, na sequência de diligências de investigação relacionadas com tráfico de estupefacientes.

A GNR acrescenta que a ação compreendeu uma busca ao terreno agrícola "onde as [13.092] plantas estavam cultivadas, encontrando-se em fase de crescimento e maturação, sendo irrigadas por um sistema de rega por aspersores".

Os militares identificaram um homem de 24 anos, como presumível proprietário das plantas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.