"É um incêndio de grandes proporções" São materiais perigosos por serem ferrosos", disse à agência Lusa o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de São Pedro da Cova, Mário Ferreira.

O Presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins, disse que o incêndio foi "agravado pelo forte vento que se fazia sentir no local" e que as garrafas de gás e outros materiais dificultam as operações.

A origem do fogo foi na sucata, mais precisamente "no logradouro da zona exterior da sucata", refere o autarca que acrescenta que, às 12:30, o fogo está "confinado à localização" da sucata.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Junta de São Pedro da Cova, Pedro Vieira, contou que as pessoas que se encontravam nas imediações da estrada "estão a ser retiradas" e descreveu um cenário "complicado" devido às explosões causadas pelo rebentamento de botijas de gás e oxigénio.

“O fumo é muito denso, mas o combate está a evoluir favoravelmente. Colocou-se a hipótese de evacuar edifícios vizinhos, mas se forem cumpridas regras de segurança, como fechar janelas, não se torna necessário", disse Marco Martins, dando o exemplo da escola EB1 de Fânzeres, em que foram encerradas portas e janelas "por precaução".

Uma fábrica de móveis que se situa perto da sucata foi evacuada , não havendo vítimas a registar.

O alerta foi dado cerca das 10:00 da manhã e de acordo com a página da Proteção Civil no local, pelas 11:30, estavam 55 homens apoiados por 20 viaturas.

Em causa está a empresa Júlio Rodrigues, uma sucata de carros localizada na avenida D. Miguel, São Pedro da Cova, concelho de Gondomar, em direção ao concelho de Valongo.

A coluna de fumo é visível do concelho do Porto e no local, ainda que afastado do foco de incêndio devido ao perímetro de segurança montado pela GNR, é possível ouvir explosões.

(Notícia atualizada às 12:51)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.