O agressor, de 70 anos, "invadiu o prédio com uma arma na manhã desta segunda-feira e atirou nas três pessoas que estavam no primeiro andar do prédio", informou a polícia em comunicado.

Posteriormente, foi encontrado morto "na cave do prédio junto da sua arma", segundo a mesma fonte. "Provavelmente deu um tiro na cabeça", disse a porta-voz da polícia Konstantina Dimoglidou.

As vítimas são o proprietário da empresa European Product Carriers, localizada em Glyfada, cidade costeira perto de Atenas, o seu genro, que trabalhava na empresa, e um executivo da empresa de navegação.

O agressor foi demitido da empresa e vivia numa pequena habitação perto da casa do proprietário da empresa, informaram vários meios de comunicação gregos.

Uma funcionário da empresa relatou num vídeo publicado pelo portal de notícias News247 que o agressor era "de origem egípcia" e que aparentemente "queria vingança e tinha como alvo os diretores da empresa", já que disse aos funcionários que se retirassem para não os magoar.

A polícia foi alertada por um trabalhador que se encontrava no interior do edifício onde foram disparados os tiros, segundo o comunicado das autoridades.

Todas as ruas adjacentes foram fechadas e a polícia estabeleceu um grande contingente no local.

A empresa marítima European Product Carriers, fundada em 1979, possui uma frota de 35 navios, incluindo vários petroleiros, segundo o site da empresa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.