Em comunicado, a PJ refere que após “múltiplas diligências” procedeu à identificação do presumível autor de um crime de homicídio qualificado de um homem de 78 anos, ocorrido em 14 de fevereiro, no parque José Gomes Ferreira, em Alvalade, em Lisboa.

Segundo a PJ, a vítima estava a dar um passeio ao final da tarde quando foi abordada pelo suspeito e, sem “razão aparente” e usando de “extrema violência e força física”, com um objeto contundente agrediu o homem na zona craniana, com múltiplas fraturas que levaram à morte.

As autoridades, e após investigação da possível ocorrência de situações semelhante, verificaram que o suspeito agora identificado se encontra em prisão preventiva, depois de detido em 08 de março, pela prática de crime de ofensas à integridade física qualificada, também a um homem, numa outra cidade da área metropolitana de Lisboa.

Das diligências, a PJ afirma ter resultado a identificação “cabal e inequívoca” do mesmo como autor do crime em investigação, permitindo tranquilizar a comunidade, atendendo à gravidade dos factos e ao enorme alarme social suscitado naquela zona da cidade de Lisboa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.