José Carlos Rebelo disse que o idoso foi encontrado por caçadores, esta tarde, acrescentando que “está bem, mas debilitado”.

Fonte da GNR referiu que o octogenário mostrava indícios de estar com “hipotermia e desorientado”.

De acordo com o comandante dos bombeiros, o homem foi encontrado num local de difícil acesso, numa zona conhecida como o Alto de Pegarinhos, a cerca de quatro a seis quilómetros do local onde vive.

Foi transportado numa maca de resgate, assistido pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e transportado para a unidade de Vila Real do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro.

José Carlos Rebelo disse que, no sábado, foram distribuídas fotografias do octogenário pelos cafés da aldeia para, precisamente, aproveitar o facto de hoje ser dia de caça.

O alerta para o desaparecimento chegou aos bombeiros cerca das 22:00 de sexta-feira e, de imediato, foram encetadas buscas para procurar o idoso que sofre de alzheimer.

Segundo o comandante dos bombeiros, o homem tinha sido visto pela última vez pelas 11:00 desse mesmo dia.

Durante o dia de hoje, foram mobilizados 16 operacionais, entre bombeiros e GNR, e cinco viaturas, que percorreram terrenos e caminhos, nas buscas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.