O alerta para o incêndio foi dado cerca das 06:00 e à chegada dos bombeiros “o bar encontrava-se já completamente tomado pelas chamas”, que “destruíram toda a estrutura e recheio”, disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Peniche, José António Rodrigues.

De acordo com o comandante da corporação, as chamas foram dominadas “pouco depois das 07:00”, mas às 10:00 estavam ainda a ser feitas operações de rescaldo no exterior, e os bombeiros aguardavam a chegada da Polícia Judiciária, que irá investigar as causas do incêndio.

“Só depois da recolha de indícios se poderá avançar com o rescaldo no interior”, afirmou o comandante”.

Denominado Bar do Bruno, o estabelecimento encontrava-se aberto desde 1997 na baía que liga Peniche à praia do Baleal.

Construído em madeira, no areal, o bar funcionava também como apoio náutico de suporte às atividades do Baleal Surf Camp & Surf School.

O incêndio foi combatido por 35 elementos dos bombeiros de Peniche, apoiados por oito viaturas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.