Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro, o incêndio ficou dominado por volta das 22:00.

A mesma fonte explicou que devido à dimensão “muito grande” do incêndio que deflagrou em Castelo de Paiva, no distrito de Aveiro, os trabalhos de rescaldo irão ser “demorados” e deverão durar toda a noite.

Por volta das 23:30, estavam no local cerca de 167 operacionais, apoiados por 58 viaturas, acrescentou.

Segundo explicou anteriormente à Lusa o comandante da corporação de Castelo de Paiva, Joaquim Rodrigues, há danos materiais avultados a registar nas instalações das empresas afetadas.

As chamas foram detetadas cerca das 18:30 num pavilhão industrial, onde laboram várias empresas, de diferentes setores de atividade, no âmbito do Centro de Apoio à Criação de Empresas (CACE) do Vale do Sousa.

(Notícia atualizada às 00h11)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.