Um incêndio na ala de psiquiatria do Hospital de Braga fez esta manhã dois feridos, disse inicialmente fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga, sem saber precisar se os feridos são doentes, funcionários ou bombeiros. Ao SAPO24, a fonte adiantou tratar-se de feridos ligeiros, no entanto, a Lusa posteriormente citou também fonte do CDOS, que indicou que um dos feridos ficou em estado considerado grave.

Segundo a fonte do CDOS de Braga citada pela Lusa, os feridos sofreram queimaduras.

As circunstâncias da ocorrência ainda estão a ser investigadas, mas as autoridades admitem que o incêndio possa ter sido provocado por uma doente ali internada.

O alerta foi feito às 10:12 desta quarta-feira e a ocorrência está, às 11:10, em resolução, disse a mesma fonte.

No local estão os Bombeiros Sapadores e os Voluntários de Braga e ainda as corporações das Taipas, Amares e Póvoa de Lanhoso. Segundo a página da Proteção Civil, foram mobilizados 33 operacionais, apoiados por onze viaturas.

Fonte do hospital já tinha dito à Lusa que está a ser feita uma peritagem ao local, para apurar as circunstâncias da ocorrência. A mesma fonte remeteu para mais tarde informações mais pormenorizadas sobre o caso.

Esta unidade é, no distrito de Braga, o hospital de referência para casos de suspeita de covid-19.

O Hospital de Braga foi gerido pelo Grupo Mello Saúde até 31 de agosto de 2019, data a partir da qual a gestão passou para a esfera pública.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.