Noel Afonso explicou à Lusa que o caso ocorreu por volta das 16:00 e a aeronave foi intervencionada no local, tendo prosseguido voo depois de cerca de uma hora, sem constrangimentos para o trânsito.

De acordo com o comandante do Centro Distrital de Operações de Socorro de Bragança (CDOS) a estrada em causa é um troço da nacional 102, que liga Bragança a Torre de Moncorvo, mas que é pouco utilizado desde a construção do Itinerário Principal nº2 (IP2).

Noel Afonso informou que o helicóptero estava de partida depois de ter participado no combate a um incêndio que ocorreu no dia de hoje naquela zona do distrito de Bragança.

“O piloto teve um indicador de avaria, acendeu uma luz de temperatura excessiva e por precaução aterrou na estrada. Foi mais o insólito”, concretizou.

A aeronave aguardou no local a intervenção do mecânico, que terá durado cerca de uma hora, e retomou o voo, segundo ainda o comandante do CDOS.

O Centro Distrital de Operações de Socorro de Bragança registou hoje três incêndios na região que foram controlados sem consequências de maior com a intervenção imediata de vários recursos do dispositivo de combate, incluindo os meios aéreos, como relatou o comandante.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.