O concurso pretende a substituição dos equipamentos existentes nas Estações de Roma–Areeiro, Entrecampos, Sete Rios e de Campolide.

“A renovação do atual sistema de videovigilância das Estações da Linha de Cintura, dotando estes espaços com equipamentos mais modernos, permitirá uma maior capacidade em garantir os níveis de segurança adequados aos milhares de utentes e passageiros que diariamente ali circulam”, salientou a IP.

A empresa assegura ainda que o sistema de videovigilância respeita “a privacidade das pessoas”, de acordo com a Lei de Proteção de Dados.

O concurso foi publicado no Diário da República, em https://dre.pt/application/conteudo/124721030, e prevê um prazo de execução do contrato de 180 dias.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.