“Infelizmente, perdemos 208 dos nossos queridos compatriotas devido ao vírus” nas últimas 24 horas, elevando o número total de mortos para 17.190 no Irão, disse a porta-voz do Ministério da Saúde, Sima Sadat Lari.

Desde finais de junho, a República Islâmica tem vindo a enfrentar um aumento acentuado da mortalidade diária devido ao novo coronavírus, o que forçou o Governo a tornar obrigatório o uso de máscaras em áreas fechadas.

Segundo Sima Sadat Lari, a situação é preocupante em 25 das 31 províncias do país, incluindo na região de Qom, onde ocorreu o primeiro surto da doença em fevereiro, que tem registado um aumento muito grande de infeções e hospitalizações.

O Ministério da Saúde “constata de novo uma tendência ascendente na hospitalização diária” na província de Qom, disse Lari, manifestando preocupação com o ressurgimento da epidemia na região.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 685 mil mortos e infetou mais de 17,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.